CHAMPAGNE BRAMBLE

February 3, 2016 in Bobbin

12647307_1056160794425656_1451713772085253840_n

Os nossos queridos leitores, atento as estas coisas das bicicletas bonitas, com certeza já repararam que o pessoal amigo da Bobbin tem vindo a publicar uma série de fotografias muito descontraídas com alguns dos modelos mais icónicos da marca.

Uma das últimas publicadas foi esta, com uma Bramble, bicicleta que já dissemos ser das nossas favoritas.

//

Wow. This is another photo of the series of relaxed pictures Bobbin has been publishing in the last few weeks. This last one features one of our favourite bikes, the Bramble.

LUIS

February 2, 2016 in Restauros e customs

btt luis (1 of 1)

O Luis, que vocês já conheceram aqui, trouxe-nos um desafio. Transformar uma bicicleta de montanha em algo que pudesse ser usado com mais conforto em ambiente urbano.

A lista de supermercado foi a seguinte:

  • Pintura metalizada
  • Forqueta
  • Pedaleiro simples Mighty, desviador traseiro Shimano Altus e shifter Falcon
  • Manetes de travão
  • Selim Charge Spoon
  • Pneus Continental Retro Ride
  • Guiador Velo Orange Milano e punhos de borracha castanhos

//

Luis asked us to transform is old mountain bike in something more comfortable for riding in the city. More comfortable and much more stylish.

TIME OUT PORTO

February 1, 2016 in Loja, Media

time-out (1 of 1)-2

Neste mês de Fevereiro a Time Out Porto dá um especial destaque as nossos clientes que, saindo das Megastores a pedalar vestidos “normalmente” nos ajudam na tarefa de motivar outras pessoas a adoptar a bicicleta como um meio de transporte. Merecem.

Uma pequena nota: o Homem sem um nome com três letras e o Velho Lau não são os donos disto tudo. A Velo Culture é uma coisa bastante horizontal. O Bob, o Druída, o Ben e o Toy, que vocês se habituaram a ver à frente das Megastores, também fazem parte da sociedade, tal como o Man e o Nuno, que aparecem menos por aqui.

//

The last issue of Time Out Porto features a small article about our costumers and our good habit of taking a picture when they are leaving the Megastores.

These pictures of people on plain clothes with bikes are important as a motivation to potential bike commuters. Our dear costumers totally deserved it.

SVEN CYCLES + CARRADICE

January 30, 2016 in Carradice

Caradice_Sven_Cycles_hand_build_Touring_Bike_3_reduced

O David, o ciclista ao leme da Carradice, numa visita à Bespoked comissionou a Sven Cycles para montar uma bicicleta de touring para ser a “cara da marca”.

Segundo o David, “a bicicleta foi feita apenas para exposição dos produtos Carradice”, logo acrescentando um irónico “certo?”. Claro que não.

Podem ler a história e conhecer os detalhes aqui.

//

David, the cyclist behind Carradice, comissioned Sven Cycles to build this beauty. Read the story here.

UM TORPEDO DE COMOÇÃO

January 29, 2016 in Loja

torpedo (1 of 1)

Voz forte e pausada, um pouco roufenha por causa do pó.

“Tinha lá um manípulo Sachs. É igual ao teu.”

Voz comovida, algo estremecida e com um muito subtil gaguejar.

“Ó pá! Posso dar-te um abraço?”

Outra vez a voz forte.

“Podes. Só um. Mas rápido que agora vem aí o Nuno para lhe dar uma aula.”

Foi a conversa que a Dinamarquesa ouviu quando regressava da Adega do Ciclista com o quinto café do dia na mão, antes de começar a subir para o tomar confortavelmente no quartel general das coisas do marketing, uma luminosa sala situada no quarto e último andar da Megastore do MMM, mesmo ao lado dos duendes dos Sistemas de Informação (um dia também vamos falar deles).

Parou e ficou a ouvir atrás do majestoso portão das oficinas gerais da Velo Culture. Amor entre mecânicos? Este tipo de duendes são seres particularmente competitivos e normalmente não costumam mostrar afecto, ainda menos uns pelos outros. Ficou assim parada, com o café a arrefecer e a tentar perceber o que se tinha passado.

Aparentemente, um dos duendes tinha tido um estouro imprevisto e ficado com a bicicleta feita num oito inoperacional. Estava a pedalar no centro do Porto, fez força para acelerar, deu com o pedal em falso, a roda da frente fugiu, o corpo foi lançado para a frente. Estão a imaginar o resto.

A maioria das mazelas na bicicleta não foram coisa que as mãozinhas hábeis do duende não resolvessem, mas havia um problema chato. O manípulo, aquela coisa ali em cima na fotografia, tinha ficado encostado ao asfalto, mesmo por baixo do guiador, que por sua vez ficou por baixo dos óculos, que estavam encostados às orelhas, ainda agarradas à cabeça, que estava por baixo do resto do corpo do ciclista. O manípulo era velho, partiu, ficou sem arranjo.

Com o manípulo descomposto, ir e vir para Matosinhos de bicicleta tornava-se uma coisa penosa demais para quem não anda de mais nada. A vida de um duende depende de coisas tão improváveis como este objecto. Por isso, ainda meio contundido, teve que jogar a última cartada e recorrer ao Bob, o Homem da Bata Verde, bem conhecido pelos seus milagres.

O Bob ouviu pacientemente as lamúrias do colega e, num momento de rara compaixão, desceu até a um dos pisos abaixo da Sub-Cave 2, onde dizem que está escondido o famoso Bunker. Passado umas horas emergiu com, nada mais nada menos, um manípulo novo. Igualzinho ao original.

//

Sorry folks, no English this time.

RUI

January 29, 2016 in Órbita

flex (1 of 1)

Este é o Rui com a sua bicicleta nova.

Já o tínhamos dito. Estas Flex, as dobráveis 16” da Órbita estão a ser uma boa surpresa e uma excelente opção para quem procura uma dobrável compacta, leve e com um preço de combate.

//

This is Rui and his new ride.

The Flex, a 16” from the Portuguese manufacturer Órbita, was a very good surprise and is a great option for commuters looking for an affordable, compact and light bike.

BROOKS METROPOLITAN DETOURS

January 29, 2016 in Brooks

metropolitandetours

A Brooks lançou recentemente uma nova colecção de bagagem dedicada à vida urbana em duas rodas (ou sem elas).

Os weekender Mott, a pasta Lexington e a mochila Rivington são feitos em lona de algodão biológico e borracha natural, materiais de alta qualidade que garantem um saco para a vida, com um estilo clássico, mas sem deixar de ser peculiar.

Pormenores como os rebites a prenderem as alças e os materiais utilizados remetem-nos naturalmente para o universo dos selins Cambium.

mott-large-2

 

Para celebrar o lançamento da colecção, a marca publicou uma série de roteiros pessoais de algumas pessoas que personificam o espírito Brooks Metropolitan, com os seus percursos à volta de Londres, Berlim e Nova Iorque.

//

Brooks recently launched the new and amazing Metropolitan luggage collection. 

The Mott weekender, the Lexington briefcase and the Rivington rucksack are made with organic cotton canvas and natural rubber, totally in line with the Cambium saddles philosophy (the collection also uses the same rivets attaching the rubber straps to the canvas). 

To celebrate the collection, the brand published a series of personal routes around London, New York and Berlin. Read here.

INSTANT CLASSIC

January 26, 2016 in Bobbin

bobbin

A Brownie, da Bobbin. Aqui.

//

The Bobbin Brownie. Here.

SARA

January 26, 2016 in Capri

sara (1 of 1)-2

Uns meses depois, o Paulo voltou à Megastore do MMM e comprou esta Capri Berlin para oferecer à sua querida Sara no Natal.

“Pá, a Sara quer mesmo uma bicicleta verde”.

Na altura, sem ciclista, claro que não houve fotografia e há sempre aquela coisa de “tirar depois, na altura da revisão” que acaba por quase nunca acontecer.

Este Sábado, a Sara passou por cá para montar um cesto Saber Fazer. A dinamarquesa responsável por isto de fotografar clientes não quis saber e não esteve para esperar mais.

“O que é bonito é para se fotografar e não sabes quem vem cá buscar a bicicleta com o cesto montado. Imagina que vem o outro que a levou da outra vez?”

//

After buying his new Bobbin a couple of months ago, Paulo bought this green Capri to his wife. By that time, without Sara, there was no picture in the shop front.

This last weekend, Sara came to the MMM Megastore to install a Saber Fazer Basket and the Danish dealing with this thing of taking pictures said:

“Forget the picture with the basket! I want it now. Can you imagine if is the other being the one picking the bike?”

CYCLIST MAGAZINE REVIEW – ORTLIEB BACK ROLLER HIGH VISIBILITY

January 26, 2016 in Ortlieb

ortlieb back roller high viz

Foto: Cyclist Magazine

A revista Cyclist, para nós uma das melhores revistas de ciclismo que anda por aí (e que podem comprar nas Megastores dos Duendes), publicou recentemente umas palavras simpáticas sobre o Back Roller High Visibility da Ortlieb.

“Na minha opinião, a única forma de testar material de touring é partir de viagem, de preferência com um tempo horrível. Felizmente, a oportunidade surgiu e fui com dois amigos passar dois dias fora. O que acabou por acontecer, foi que tivemos que nos abrigar do temporal atrás do fogo de uma lareira.

O tempo conspirou contra nós, mas lá conseguimos partir para fazer uns 56 quilómetros em seis horas. Apesar do vento, chuva e quedas, os alforges fizeram as duas coisas que lhes pedi: manter as minhas coisas secas e manterem-se presos à bicicleta. Excelente. Cinco estrelas.”

Ora bem, isto é o que gostamos de chamar uma boa crítica.

Já agora, estes High Visibility testados são uns alforges pretos que quando levam com luz, parecem uma árvore de Natal toda iluminada. O segredo? O material é tecido intercalando fio preto com fio fluorescente. Clever.

//

Cyclist Magazine (for us, one of the best cycling magazines. You can get it at Velo Culture), published some nice words about the Back Roller High Visibility panniers from Ortlieb

“In my opinion, the only way to test touring equipment is to go on a tour, and preferably in horrendous weather. Lucky the opportunity arose at the end of last year and so it was that a few friends and I headed to Kielder for a couple of days riding. What we actually did was huddle by a fire and hide from the inclement horrors taking place outside of the bothy.

The weather had conspired against us and we managed a paltry 35 miles in six hours. Despite all the wind, rain and crashes the Ortlieb Back Rollers managed the two things I asked of them – they kept my things dry and stayed attached. Excellent, five stars.”

Well, that’s what we like to call a great review.